O que pode você fazer?

Qualquer tentativa de gestão da água só é eficaz se todos os intervenientes neste processo estiverem conscientes do papel que desempenham! A sua participação na gestão deste bem precioso e cada vez mais escasso é fundamental!

As entidades gestoras e os organismos que intervêm neste processo podem apenas orientar os recursos para que sejam utilizados em quantidade e com a qualidade desejável, mas é VOCÊ, enquanto cidadão informado e responsável, que deve zelar pelo seu bom uso e não permitir que práticas menos correctas deitem por terra todos os esforços feitos nesse sentido.

Vamos proteger o que é de todos nós!

Poupar água, não permitir que se contamine as águas subterrâneas e as barragens onde é captada a água que bebemos, denunciar situações indesejáveis, informar em caso de rupturas de condutas e redes, …. Tudo isto pode fazer a diferença.
 

Algumas boas práticas a ter em conta:

Em casa:
- Utilize dispositivos de redução de consumo em todas as torneiras, que misturam ar à água e diminuem o caudal gasto cada vez que abre uma torneira.
- Sempre que faltar a água, certifique-se que todas as torneiras estão bem fechadas e, se possível, feche a torneira de segurança. Uma torneira aberta esquecida pode significar muitos litros de água desperdiçados!
- Se tiver uma torneira avariada ou uma ruptura numa canalização, mande repará-la o mais rapidamente possível.
- No banho, a escovar os dentes, a lavar a loiça, … feche a torneira sempre que não necessitar da água.
- Evite banhos de imersão, opte pelo duche! E não se esqueça, seja rápido e enquanto se ensaboa feche a torneira do chuveiro.
- Programe o autoclismo para uma carga mais pequena. Pode poupar até 50% em cada descarga.
- Não lave a loiça em água corrente, prefira um recipiente, e deixe tachos e panelas “de molho” antes de os lavar, vai ver que o consumo de água será bastante inferior. Use a mínima quantidade de detergente necessária para uma lavagem eficaz, poupando assim também no detergente.
- Utilize sempre as máquinas de lavar loiça e roupa na sua carga máxima.
- Se precisar de lavar roupa à mão, não o faça em água corrente, utilize um recipiente para colocar a água e depois reutilize-a no autoclismo ou para lavar o chão por exemplo.

No jardim:
- Na rega de jardins, evite regar plantas sem necessidade e opte por espécies que necessitem de menos água. Se possível, utilize água de furos ou poços, ou até água de lavagem de legumes e frutos da cozinha. E regue sempre de manhã cedo ou à noite, para evitar a perda por evaporação!
- Quando lavar o seu carro, utilize um balde em vez da mangueira.
- Sempre que possível, reutilize a água usada para fins menos nobres.

Na via pública:
- Informe o piquete da TaviraVerde cada vez que se deparar com uma fuga de água numa conduta ou ponto de rega, ou com água a correr na rua.
- Denuncie situações de violação de condutas e ligações clandestinas: além de ser injusto consigo, que paga a sua factura da água, pode significar a contaminação da água da rede pública!

Ajude-nos a proteger a sua saúde!

 
 
© 2007 Taviraverde - Empresa Municipal de Ambiente, E.M. - Todos os direitos reservados.
Design IP Quatro - Desenvolvimento ADJ 3 Sistemas, Lda.